quinta-feira, 10 de setembro de 2015

CÚMPLICE


CÚMPLICE

Voluptuoso é o céu da tua boca
que faz germinar a Via Láctea na vertente das minhas coxas
deixando o corpo exangue
__________no delírio suspenso de cada gozo!
E nos lençóis amarrotados, o perfume de jasmim
cúmplice
inebria os sentidos
e faz arder a pele
que mostra agora, o que eu não pude ser
ou fazer na noite escura do teu prazer.



*poema inspirado na poesia "Voluptuoso Céu" de Carlos Venttura



Nenhum comentário:

Postar um comentário