sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

ANOITECE

Anoitece

em nós tece a noite
a colisão do gozo e do orgasmo
e  o mar da distância___efervece!
tanto e tudo desfalece
ante o beijo ateu
antes teu, agora meu
que desfaz a vergonha
revela o desejo
adoece o corpo (meu)
na tortura da tua mão
no dorso
no lombo
na crueza da carne
que alumia teu caminho
homem___amor meu.

para Odur




imagem: Roberto Ferri



terça-feira, 15 de novembro de 2016

TAUTOGRAMA LETRA C



Cala, consente conspira, 
cativa
comichão, cheiro, 
carne comendo carne_____calor
consumação
coito!




segunda-feira, 3 de outubro de 2016

URGÊNCIA



Urgência

de todo teu amor
____o meu corpo tem urgência!
Quero a proximidade obscena 
e a nudez dos nossos corpos feito cachoeira
misturando águas
decompondo a luz do teu olhar
dentro do meu
Quero o gozo das tuas carnes
na encantação de ser assim:
tão meu


para Odur

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

SOU


Sou 
altar dos teus sacrifícios
vagina em plena geometria
onde o suor do teu corpo
jorra o esperma da tua verdade
Sou
a pia batismal 
 o livramento dos teus pecados
a renascer-te___ homem
no vértice e na flor
Sou
a oração e a saudade a dor e o prazer
a revigorar o teu pênis na
 oração e na tua infinita presença
para sempre em mim

para Odur




imagem: Jean-Federic M. de Waldeck




segunda-feira, 19 de setembro de 2016

COLHENDO


Colhendo
No meu peito uma paixão.
No meu corpo
fogo
brasa
ardência reutilizável
que chora labaredas pelas minhas pernas
exilando o pudor,
amor sem dor
tesão de amar - trincheira do meu afoito querer.
Que se desfaz
liquefaz,
misteriando a língua dos escribas
em insignificantes outdoors
que me expõe aos teus olhos.
Meu ventre-piracema o teu amor navega
feito peixe elétrico
acendendo ao olhar
rangendo dentes
arqueando as vértebras
prevendo a chuva
que me rasga a pele - quimera das águas!




segunda-feira, 22 de agosto de 2016

ATREVIDA

Atrevida

((  !  )) vou me despir de mim
 vestir tua alma
_________ passear pelo teu corpo nu
 e atrevida fazer carícias 
remexer teu sexo
em desordem, sem modos___atrevida!
Beijar pelo avesso a tua boca e a volúpia
dos pensamentos e andar nua por dentro da tua carne
com toda graça de quem te abraça
e rasga o olhar num viés furtivo
sempre querendo mais
bem muito mais que uma risada...



para Odur


imagem: Olivier Valsecchi




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

SEDUZA-ME!


...seduza-me! 
((imploro-te))
seduza-me ao cair da noite, vês?!até a lua se compadece
ao ver-me assim, nesta febre, neste afã
coisa pagã
flor de romã desabrochando na palma da tua mão____língua e adoração
de tudo que te compraz!
Seduza-me!
Alivia a minha triste sina de morar entre as feras de mim
faz da minha carne rubra
o caminho da tua perdição/salvação da minha alma 
((agora tua))
porque a morte será o meu alento 
se a tua boca___a minha não beijar.



para Odur


imagem: Roberto Ferri


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

TEU AMOR

Teu Amor


ao sol do teu amor
meu corpo se abre fendas, vales, grutas
e a tua espada________ a orquestrar zumbidos
derramando na minha pele
frêmitos incontidos, desejos vis
lirismos
diáfanos pensamentos
torturas e gemidos na boca que se faz flor
e guarda a tua alma___ de menino que aprisiona um anjo
e nada mais...
nada mais...





para Odur


imagem: Roberto Ferri 


terça-feira, 19 de julho de 2016

DELÍRIO

 Delírio

( ! ) era vermelha a luz 
sobre a tua nudez  
e o grito das minhas entranhas
me percorria a pele
ardendo a tua solidão
dentro de mim...
...para sempre dentro de mim

para Odur


 

HAIKAI ERÓTICO 09

haikai  erótico  09


afoito o falo
se perde na imagem
(ih!) cadê o badalo (?!)







segunda-feira, 18 de julho de 2016

FLOR


 FLOR

Há uma eternidade que me passeia de norte a sul e nada que me impeça de gozar antecipadamente o prazer de ser mulher____e fêmea, na adoração do teu falo e a tua legitimidade de ser macho ante a flor, que absoluta floresce ao seu toque. Tampouco a ansiedade que antecede, é suficiente para diluir o sorriso e o olhar enviesado, pronto a morrer no teu olhar sobre mim.

para Odur
 

terça-feira, 12 de julho de 2016

VER_TENTE

Ver_Tente

do meu corpo___ a mente é a vertente
de toda indec^ncia da carne
que aos teus lábios ávidos___entrega-se
seminua de pudores 
a escorrer-me pelas pernas fogo-fátuo 
pronto a te con_sumir em mim



para Odur

 

quarta-feira, 29 de junho de 2016

ALDRAVIA LL 07


Aldravia  LL 07

boca
saciando
inconfessáveis
sensações
...vermelhas!


para LAM 

 

terça-feira, 21 de junho de 2016

TAUTOGRAMA LETRA B

Tautograma Letra B


Boca...
Boca beija beijos ____baila babados
balsamicos benzimentos
babas...
Beijos batizam balbuciante boquejar
beijos, beijos
Braseiro bondoso beirando boca____botija boemia
 bejeira 
Bonit0 boquete, boca/beijo___brinde!
 Bis!
 Bis!
   Bis...


para Odur

segunda-feira, 20 de junho de 2016

À FLOR DA PELE


 À Flor da Pele

Tua ausência desliza na minha pele
rompendo os meus horizontes
num cobrejar insano 
de contorceres
e sabores.
Infinitos são os caminhos da pele
embriagada de desejos
na indecencia santa que se faz fêmea
e na castidade___se veste de puta
e geme sob o peso da existência
trazendo na lingua 
o transe do gozo
e a completude do orgasmo. 


para Odur

 
 
 

segunda-feira, 13 de junho de 2016

TAUTOGRAMA - LETRA A

TAUTOGRAMA LETRA A
 
Abelha abre asas___aguilhão!
Áspera alabarda aniquilando a alma.
Animal ameaçado, ambíguo
ambicioso assisado ama
amancebado adora a áspide
argumenta amores ateus, ardores, afãs
ânsias, alivio, almíscar ante a alma____altar.

 

domingo, 12 de junho de 2016

TOQUE


TOQUE


Nos meus pés descalços
o seu beijo
os seus lábios umidos na minha pele
sua boca desenhando caminhos
sua lingua nascendo rios por entre as minhas pernas 
alcançando as minhas curvas mais íntimas
nascendo rios na vulva latejante
alcançando as costas
em provocantes arrepios
até chegar aos ouvidos
em indecentes confidencias
enquanto o seu falo rijo
se aloja nos meus pés.
Aaah_____suas palavras e o toque macio
do seu falo deslizando dos pés
às coxas
e se aconchega no vértice umido e afoito que se abre
qual rosa mística acalentando entre as pétalas
o seu desejo o seu sobejo
que me enlouquece a cada estocada e me faz fêmea sua
fera insandecida na cavalgada e me prende
no seu gozo
dentro da noite nua
dentro do prazer de ser tão sua
____tão sua.


para Odur 

sexta-feira, 3 de junho de 2016

DESTINO



Destino
 embriagada no prazer 
da tua boca
ante o espectro da dor a crucificar-me,
alma e corpo
vislumbro a claridade
e o fulgor avermelhado que antecede o gozo.
Renovando é o sangue e o corpo
minando água para tua sede
___ah, essa tua boca tão primitiva
tão despudorada
a percorrer minha entranhas
numa libertinagem que não requer o perdão
e nos 
 impede o paraíso dos puros.
Eis o crepúsculo do corpo____ desvanecendo em resplendor
os contornos da vida enclausurada.


para Odur

 
ilustração: Roberto Ferri


sábado, 28 de maio de 2016

PRESENTE

PRESENTE

Sou seu presente
seu 'bolo' de aniversário
envolta em calda de chocolate
esperando da sua língua
 lambidas prazerosas
 a me arrebatar
nesta louca paixão.
Me contorço 
em espasmo de tesão
fico louca
me lambuzo no chocolate
seios, boca, coxas
a vulva sedenta do teu falo
e em gemencias
espero a sua posse
rendida
no prazer de 
 ser o seu presente
 e te querer sempre assim
nesta gula sem fim
neste gozo
num orgasmo sem fim .
Feliz Aniversário, Odur

sexta-feira, 27 de maio de 2016

TENTAÇÃO

 
Tentação

Sou a sua tentação
Entre as sedas e os fios de ouro,
vermelhos os lábios 
que te seduzem
nas curvas,
lassidão,
lascívia,
languidez
na embriaguez do teu beijo
caliente a morir en mi boca...
Enquanto teus olhos me derretem
na luz das lamparinas,
menina que sou,
enquanto te amo me dou
em cada gesto
das mãos que dançam
e alcançam
alamandas e alecrim.
Na fresta da porta,
um olhar
e na dobra das pernas,
apenas o lençol...
 
 
para Odur

quinta-feira, 19 de maio de 2016

SEM DIZER QUE NÃO

Sem Dizer Que Não
 
Pode parecer que não
mas me devora, a tua mão.
Açoita minha alma
me vira pelo avesso
sou só o começo
do que mora em mim
( ! ) Sou fêmea no cio
animal em pura sanha
manha que não tem fim
ai de mim... que em toda manhã
 sou assim____ só o prazer de ser mulher
sem ser razão
sem dizer que não____e perder o chão
e me fazer tesão
e desfalecer em gozo
na tua mão 


para Odur


sábado, 14 de maio de 2016

CARNE VIVA

Carne Viva


Faça-me sofrer!
Seja o diabo
a escaldar a minha pele
na tortura do amor____ porque não me sinto triste
e não suporto ser a metade
o seu meio amor.
Não sou metade da lua,
eu sou a lua plena
desenhada nas tuas costas
onde as minhas unhas
fazem sulcos
arrancando da carne viva
a impaciência do meu amor
Ama-me agora e
com a volúpia da tua boca
beija-me!
Beija-me até que a noite
se faça dia
e o meu corpo se entregue
lasso, manso, rendido aos teus desejos
nessa possessão insana.
Ama-me!


para Odur 

 

quinta-feira, 12 de maio de 2016

HAIKAI ERÓTICO 08

haikai erótico  08

nos seus dedos
um beijo de umidade
vulva orvalho 


para Odur


ilustração: Carracci

sexta-feira, 6 de maio de 2016

POSSE

Posse

[ ! ] ...e você chega de mansinho!
 Me envolve em seus braços 
me segura forte 
violenta os meus ouvidos com
palavras obscenas
e na sua língua
os meus arrepios
enquanto a sua mão ___ busca o calor 
dos meus seios
turgidos 
querentes dos seus beijos
e o  meu corpo se entrega 
aos seus carinhos 
sentindo o teu sexo
pronto para o amor...
... nossas roupas jogadas ao acaso
e nós dois____rolando pelo chão
feito animais se tocando
se lambendo
se fazendo carne em carne...
Alucinada me rendo
me entrego à sua posse
sou fêmea sua
e meu corpo treme
em cada estocada firme
do teu falo/deus

para Odur